Deputado federal Capitão Augusto – Bauru passa a contar com Conselho Municipal de Ciência

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Bauru conta, agora, com um Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação de Bauru (Comti). Os membros foram empossados na última semana pelo prefeito Clodoaldo Gazzetta e pelo ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes.

O órgão foi criado para acompanhar, discutir e propor políticas públicas nas áreas da Ciência, Tecnologia e Inovação; e impulsionar e apoiar o desenvolvimento científico, tecnológico e a inovação em Bauru. A composição é de dois anos.

O Conselho é composto por membros da sociedade civil e do poder público, representado pelo Gabinete; pelas secretarias de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Renda, Educação, Planejamento, e Negócios Jurídicos; e Departamento de Tecnologia da Informação do município.

Para representar a sociedade civil, foram nomeadas instituições de ensino superior públicas e privadas, escolas de Ensino Técnico, empresas de tecnologia da informação, Sistema S, Ciesp, OAB e indivíduos com notável conhecimento sobre o tema.

Para o prefeito Gazzetta, a criação do Comti é o início de um processo de inovação tecnológica. “Bauru vai ser uma referência com o tempo em tecnologia. Vamos poder exportar essa tecnologia produzida aqui para outras cidades. Estamos em um momento, agora, de desenhar a tecnologia que vai ser produzida em Bauru para que possa servir de exemplo para o País”.

O Conselho substitui a Comissão Municipal Provisória de Tecnologia e Inovação, responsável pela elaboração da Lei de Inovação do Município, aprovada em 29 de novembro de 2018. Além de determinar a criação do Conselho, a Lei de Inovação regulamenta o ecossistema de tecnologia e inovação de Bauru e estimula a participação das empresas nas estratégicas para o setor no município.

A secretária de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Renda, Aline Fogolin, destaca a importância da criação do Conselho para o ecossistema de inovação na cidade. “Estamos felizes com a ilustre presença do nosso ministro Marcos Pontes na posse do Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação. A prefeitura passa a ter, agora, um braço técnico operacional importante para atrelar a ciência e a inovação às nossas universidades, às nossas instituições e organizações, criando um ambiente favorável para desenvolvimento de pesquisas e projetos de inovação”.

Durante a posse, conforme o JC noticiou, o ministro Marcos Pontes anunciou que Bauru terá um centro de tecnologia assistiva e esclareceu que se trata de “um projeto do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e vai contar com a participação de empresas digitais, da prefeitura onde for instituído e de universidades. O centro consiste em uma incubadora de startups e gerenciamento de projetos e já está com a documentação no jurídico do Ministério e em contato com a Prefeitura de Bauru para ser implantado o mais rápido possível”.

A cerimônia ocorreu na prefeitura e contou, também, com a presença do senador Major Olímpio; dos deputados federais Rodrigo Agostinho, Capitão Augusto, Cezinha de Madureira e Coronel Tadeu; da secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Renda de Bauru, Aline Fogolin; do vereador e presidente da Câmara, José Segalla; e dos vereadores Markinho de Souza e Fabio Manfrinato.

 

Fonte: https://www.jcnet.com.br/

Deputado Federal Capitão Augusto

Deputado Federal Capitão Augusto

Em 2014, fui eleito como Deputado Federal pelo Estado de São Paulo. Atualmente sou considerado um dos 10 melhores deputado federais de São Paulo pelo Ranking dos Políticos e também pelo Congresso em Foco. Em 2018 fui novamente eleito deputado federal com uma votação expressiva, sendo o 10° deputado federal mais bem votado do Brasil.

Deixe um comentário!

Sobre o Deputado

Defendo diversas bandeiras. Dentre elas, a Polícia Militar; os trabalhadores dos Rodeios; fui responsável pela criação do projeto turístico Angra Doce; consegui trazer o tratamento oncológico para Ourinhos; mais de 73 milhões em emendas para a região centro-oeste paulista e também apoio a caça dos javalis europeu, espécie invasora que destrói plantações.

Postagens Recentes

Minha Página

Insira seu e-mail e receba nossas novidades!